Programa Científico


Câmara Americana de Comércio: Rua da Paz, 1431. Bairro: Chácara Santo Antônio – São Paulo – SP

I Simposio Internacional de Vias Aéreas Pediátricas da lAPO
Somente na sexta feira, 6 de Setembro de 2013 manhã e tarde. Simultanamente com os Cursos Pré-Simpósio do VIII Simpósio Internacional de Otorrinopediatria da IAPO

1 .Avaliação clínica da obstrução respiratória alta em RNs e Lactentes

Jorge Spratley

2. Laringoscopia e broncoscopia pediátricas – Indicações de endoscopia flexível e rígida  

Paul Willing

3. Chevalier Jackson e a Evolução da Instrumentação para Corpos Estranhos  de Via Aérea

Peter Koltai

4. Painel: Como abordar as falhas de extubação por insuficiência ventilatória nas UTIs.

Regina Grigolli Cesar e Melissa Avelino

5. Ventilação não-invasiva.

Claudio Ribeiro de Aguiar

6. Dilatação com balão.

Peter Koltai

7. Traqueostomia – quando e cuidados trans e pós-operatórios? 

Alan Cheng

 

8. Discussão de casos:  Moderador:

Paul Willing  

Participantes: Paulo Pacchi e José Lubianca
               

9. Laringomalácia 

Peter Koltai

10. Anomalias laríngeas congênitas  

Phillippe Monnier

11. Uso do Propranolol na otorrinolaringologia pediátrica emangiomas e linfangiomas linguais : 

Françoise Denoyelle

12. Anomalias traqueais congênitas 

Patrício Varella

13. Uso de stents em Via Aérea 

Patrício Varella

14. Abordagem endoscópica das fendas laríngeas posteriores 

Françoise Denoyelle

15. Etiologia, papel do endoscópio e abordagem da estenose laringotraqueal em pediatra 

Phillipe Monnier

16. Stent na reconstrução laringotraqueal em pediatria 

Diego Preciado

17. Estenose subglótica: abordagens endoscópica e externa 

Françoise Denoyelle

18. Uso de stents em Via Aérea e alternativas cirurgicas atuais da estenose subglótica

Patrício Varella 

19. Cirurgia aberta para a estenose laringotraqueal ou reconstrução cricotraqueal parcial?

Phillipe Monnier

20. Reconstrução Laringotraqueal Pediátrica 

Christopher Hartnick

21. Cuidados no pós-operatório e complicações da reconstrução laringotraqueal e da

ressecção cricotraqueal parcial

Phillipe Monnier  /  Natan Noviski

22. Telemedicina e Cirurgia da Via Aérea Pediátrica

Natan Noviski

 


23. Cirurgia da Via Aérea: Ensinando a Cirurgia da Via Aérea Pediátrica ao redor do

mundo com um modelo multi-disciplinar

Christopher Hartnick / Natan Noviski

24. Esofagite Eosinofílica e a Via Aérea Pediátrica 

Christopher Hartnick

25. Reinervação da Prega Vocal Pediátrica para Imobilidade Unilateral de Prega vocal

Christopher Hartnick

26. Usando o bom senso na cirurgia da estenose laringotraqueal 

Alan Cheng

27. Aplicação da Robótica na Cirurgia da Via Aérea Pediátrica Presente e Futuro 

Soham Roy

28. Preservação da Voz na Reconstrução Laringotraqueal

Peter Koltai

 

29. Encerramento. Considerações finais

José Lubianca  / Melissa Avelino

II Simpósio Internacional em Distúrbios da Audição na Infância da IAPO
Somente na sexta feira, 6 de Setembro de 2013 manhã e tarde. Simultanamente com
os Cursos Pré-Simpósio do VIII Simpósio Internacional de Otorrinopediatria da IAPO

1. Surdez sensorineural e suas causas.

Diego Preciado

2. Genética da surdez. O que há de novo?

Edi Sartorato

3. Estradiol e o impacto na regulação da função auditiva.

Raphael Pinaud

4. Música em alto volume e o prejuízo para a audição. Como conscientizar os

adolescentes.

Roland Eavey

5. Saúde auditiva no SUS.

José Eduardo Fogolin

6. Implante Coclear na população pediátrica.

Blake Papsin

7. Implante coclear em crianças com múltiplas deficiências.

Ricardo Bento

8. Como conduzir malformações oto-auriculares com disacusias mistas e

condutivas.

Arthur Castilho 

9. Como abordar os recém nascidos que falharam no BERA/OEA. Do diagnóstico

ao AASI e ao implante coclear:  a experiência de Melbourne.

Robert J. Briggs

 

10. Mesa redonda. Disacusia sensorineural profunda uni ou bilateral e implante

coclear.
Moderador: Diego Preciado
Participantes:
Luis Lavinsky, Robinson Koji e Walter Bianchini
                              

11. Implante coclear simultâneo ou seqüencial?

Blake Papsin

 

12. Mesa redonda. Triagem auditiva: qual a melhor maneira de realizar?
Moderadora:
Doris Lewis
Participantes:
Amarilis Melendez, Maria Cecília Marconi Pinheiro Lima 
               

 

13. Mesa redonda. Neuropatia Auditiva, qual o melhor tratamento?
Moderador:
Marcelo R. de Toledo Piza
Participantes: Osmar Mesquita Neto e Doris Lewis
               

 

 

14. Mesa redonda. Complicações do Implante Coclear em crianças.
Moderador: Arthur Castilho
Participantes:
Rodrigo Pereira

 

 

15. Mesa redonda. Processamento auditivo central: exames audiométricos

normais e a criança que vai mal na escola.
Moderadora:
Berenice Ramos
Participantes: Ana Alvarez, Liliane Desgualdo e Mariana Guedes
                              

 

 

16. Mesa: Os diferentes modelos de triagem auditiva na América Latina.          
Moderador: Augusto Penarãnda
Participantes:
Elsa Cecilia Marin, Jorge Astocondor, Ricardo de Hoyos e Cesar Franco
                                             

17. Painel: A importância dos exames de avaliação auditiva no diagnóstico da

surdez.
Moderador:
Ney Penteado de Castro
PEATE, EAO, Estado estável

 

 

18. Painel: Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI). Perda auditiva de

moderada intensidade: há indicação de aparelho? Pontos controversos e

elucidativos na indicação dos AASI. Moderadora:                                  

Moderador: Edilene Boechat

Participantes:
Cileide Olbrich, Fernando Caggiano Jr., 
Letícia Araújo
, Sandra Braga e Talita Donini

                                                            

VIII Simpósio Internacional de Otorrinopediatria da IAPO
de 7 a 8 de Setembro de 2013
Câmara de Comércio Americana:
Rua da Paz, 1431. Bairro: Chácara Santo Antônio – São Paulo – SP

Cursos Pré-Simpósio. Inscrições limitadas. Sexta feira, 6 de Setembro de 2013 manhã e tarde. Simultaneamente aos II Simpósio Internacional da IAPO em Distúrbios da Audição na Infância e ao I Simpósio Internacional da IAPO de Vias Aéreas Pediátricas
Sexta feira, 6 de Setembro de 2013 – Manhã e Tarde. Inscrições limitadas.

 

CURSO 1.                                           9 – 10 hs

Guideline da Academia Americana de práticas cirúrgicas em adenoides e Tonsilas palatinas (amígdalas). Adenoamigdalectomia em crianças: quando intervir.  Ron Mitchell

CURSO 2.                                           10 – 11 hs

Novo Guideline da Academia Americana de Diagnóstico e Abordagem da Otite Média Aguda  Observar? Dar Antibiótico? Prevenção. Joseph Kerschner

CURSO 3.                                           11 – 12 hs

Imersão total em Biofilmes e sua Importância nas Sinusites, Otites e Tonsilites (Amigdalites). Christopher Post

 

 

CURSO 4.                                           14 – 16hs

Imersão e atualização em Rinossinusite: Aguda e crônica. Abordagem medicamentosa e cirúrgica  Fuad Baroody e Hassan Ramadan.

CURSO 5.                                           16 –17 hs

Apnéia obstrutiva do sono: atualização Ron Mitchell.

ABERTURA OFICIAL DO VII SIMPÓSIO DA IAPO Sábado, 7 de Setembro de 2013
9 horas (pontualmente) com os Presidentes do Simpósio, da IAPO, SBP, SPSP, ABORL-CCF, SBF, ABA, ASPO, ESPO

Tania Sih, Fernando Silva, Eduardo Vaz, Mario Hirscheimer, Agrício Crespo, Irene Marchesan, Kátia de Almeida, Joseph Kerschner e John Russell

 

BOCA/CABEÇA-PESCOÇO


Sábado, 7 de Setembro de 2013

 

1. Pontos de referência importantes a serem destacados nas patologias das tonsilas palatinas (amígdalas) e rinofaríngea (adenoide). 

Ron Mitchell e Liliana Palma

2. Laringopatias na infância. 

Paul Willging

3. Efeitos da adenoamigdalectomia nos parâmetros cardiovasculares em crianças com apnéia obstrutiva do sono.

Ron Mitchell

4. O papel dos Biofilmes nas infecções intracelulares: também nas infecções tonsilares? O que faz as crianças pequenas apresentarem cada vez mais hipertrofias tonsilares, que hoje são responsáveis por até 75% das indicações cirúrgicas? 

Christopher Post

5. Corpo estranho nas vias aéreas  

Diego Preciado

6. Criança que baba. Abordagem clínica e cirúrgica

Peter Koltai  

7. Papilomatose juvenil recorrente. 

Abhilash Balakrishnan 

8. Síndrome de Down. Alterações na esfera ORL. 

Sally R. Shott

 

 

9. Painel. Imunizações na Otorrinopediatria: novos enfoques Moderador: Renato Kfoury Vacinação contra o HPV e a Papilomatose recorrente da Laringe. Rosana Richtman.

Otites e Sinusites: o palel das vacinas (Haemophilus influenzae e pneumococo).

Marco Aurélio Sáfadi.
               

10. Microdebridador, radiofreqüência e coblation em otorrinopediatria. Demonstração com cirurgia ao vivo por coblation.

Alan Cheng  

11. EXIT (ex uterum intrapartum procedure). Cirurgia fetal na área da ORL pediatria.

Hugo Rodriguez

12. Resistência do S. pyogenes (bactéria mais importante nas faringotonsilites) aos antimicrobianos: a situação no Brasil. 

Rosângela de Almeida Torres

13. Antibióticos mais indicados na esfera da Otorrinopediatria.

Marco Aurélio Sáfadi 

14. Cirurgia robótica: presente e futuro na Otorrinopediatria.

Soham Roy 

15. Alterações da deglutição nas crianças.

Christopher Hartnick  

 

ORELHA

1. Otite média aguda: condutas atuais.

Paulo Henrique, 12 meses, chora muito, passa muito a mão na orelha, está com temperatura elevada (38.5 °C). À otoscopia: opacidade e abaulamento da membrana timpânica.

Richard Rosenfeld

2. Otite média com efusão.

Verônica, 28 meses. Irritadiça, desatenta, com humor alterado. De acordo com sua mãe Vera, “a menina anda insuportável” e “tudo começou depois que apresento
u uma infecção do ouvido (tratada)”.

Richard Rosenfeld

3. Mucinas, genética predisponente, estes e outros fatores predisponentes para otites médias 

Joseph Kerschner

4. A evolução do homem e a aquisição das otites médias.

Charles Bluestone

5. Porque fazer a otoscopia pneumática?  

Federico Murillo

6. Ouvido e o uso do iPhone. 

Peggy Kelley 

Domingo, 8 de Setembro de 2013 – Manhã Módulo: Continuação do Módulo de ORELHA

7. Escore dos sintomas para a Otite Média Aguda na criança. Sua validade na capacidade preditiva dos pais confrontando com seu diagnóstico e seguimento.

Andrés Sibbald 

8. Qual é a relação existente entre bolsas de retração e o colesteatoma?

Alberto Chinski 

9. Síndromes com repercussões na área de ORL.

Fernando Silva

10. Experiência saudita com mais de 300 tubos de ventilação indicados para casos de otite média com efusão e recorrente.

Mohammad Attallah

11. Alterações do equilíbrio na infância.

Teolinda Morales 

12. Biofilmes e otite média com efusão (OME), otite média recorrente (OMR) e otite média crônica (OMC) e na otorréia dos tubos de ventilação.

Christopher Post

NARIZ e CAVIDADES PARANASAIS

1. Obstrução nasal do lactente.

Peter Koltai

2. Child abuse e a esfera ORL. Trauma nasal agudo na criança.

Ann Hermansson

3. Fraturas faciais na criança. Fraturas brancas explosivas (white blowout) ou “aprisionadas” (trapdoor) na órbita. Difíceis de encontrar — importantes de tratar.

Peter Koltai

4. Sinusite aguda, sinusite recorrente e sinusite crônica. Abordagem medicamentosa atual

Fuad Baroody 

5. Quando pedir e quando NÃO pedir Raio X, tomografia, ressonância e ultar som na esfera otorrinolaringológica.

Rainer Haetinger

6. Complicações das sinusites.

Diego Preciado

7. Corticoide oral e tópico. Indicações precisas para evitar o uso e o abuso.  

Javier Dibildox 

8. Estratégias atuais para incrementar as defesas do hospedeiro no tratamento da rinossinusite.

Pontus Stierna

9. Alergia a proteína do leite e intolerância à lactose: Criança hipersecretora. 

José Nélio Cavinatto

10. Cirurgia da redução das conchas nasais (turbinectomia) em casos de hipertrofia.  Cirurgia endoscópica sinusal. Septoplastia. Há lugar na pediatria?

Hassan Ramadan

11. Uso de substância que levam à dependência química em adolescentes: cocaína. Como reconhecer pelo exame nasal o usuário do pó por mecanismo de aspiração nasal. 

Alejandra Daza 

12. Rinoplastia na idade pediátrica em 2 casos: desde fazer pouco até fazer muito.

Teolinda Morales

13. Pacientes acondroplásicos: Nanismo. Preocupações para o cirurgião da área de Otorrino.

James Reilly

14. Rinoconjuntivite e fatores associados nas crianças.

Augusto Peñaranda

 

imagem-iapo-logo-contato

Design GN1 © IAPO 1995-2020. Todos os direitos reservados.